• Home
  • /
  • Elenco
  • /
  • A rotina e a estrutura dos atletas da base do Palmeiras
estrutura da base do Palmeiras

A rotina e a estrutura dos atletas da base do Palmeiras

A recente tragédia do Ninho Urubu colocou o foco da mídia e do público em informações sobre a estrutura da categorias de base no Brasil. Além das notícias sobre laudos, atestados e cuidados específicos, também aumentou o interesse em conhecer mais sobre a vida dos jovens atletas, o que eles fazem, como é sua rotina e suas “resenhas”.

O Base Palmeiras conversou com jovens da base, ex atletas e pessoas envolvidas com o clube para mostrar um pouco como é a rotina dos jovens alojados nas instalações palestrinas.

As estruturas da base

Segundo o site do Palmeiras, 130 atletas estão alojados sob responsabilidade do clube. Os jovens de 14 à 19 anos são hospedados em quatro casas e um prédio localizados nas proximidades do Allianz Parque.

Treinos em campo e academia são praticados no CT do Palmeiras em Guarulhos, a Academia de Futebol 2. As refeições são realizadas em um refeitório na Rua Palestra Itália, que oferece café da manhã, almoço e janta para os jovens de todas categorias, inclusive para aqueles que não moram no alojamento, mas já dividem apartamentos por conta própria ali na mesma região.

Após notificação da prefeitura solicitando laudos de segurança do Corpo de Bombeiros e alvará de funcionamento, o Palmeiras transferiu todos os atletas sob sua responsabilidade para um hotel na região do Anhembi.  No momento, os jovens estão em um novo hotel nos arredores do Allianz Parque.

A informação é que as casas alugadas pelo clube passariam por reformas de modernização. No entanto, o jornalista Jorge Nicola publicou em seu blog que o Palmeiras também já está estudando a possibilidade de  criar áreas de alojamento em Guarulhos ou até construir um novo CT para a base.

 

A Academia de Futebol 2 – CT do Palmeiras em Guarulhos

A Academia de Futebol 2, em Guarulhos, é uma estrutura exclusiva das categorias de base do Palmeiras que comporta:

  • 5 campos de tamanho oficial (grama natural);
  • arquibancada em um dos campos com capacidade para 500 torcedores;
  • campo society;
  • quadra de futevôlei;
  • vestiários para os atletas e comissões técnicas;
  • academia de ginástica;
  • sala de fisioterapia;
  • departamento médico;
  • local para pais assistirem os treinos;
  • refeitório para funcionários do clube.

 

No início de 2018, a Academia de Futebol 2 foi interditada pela Federação Paulista de Futebol para receber jogos dos torneios de base. O motivo era que os vestiários não suportavam a demanda de partidas em sequência que eram de praxe nos torneios. O Sub-15 e o Sub-17 jogavam sempre nos mesmos dias, os mais jovens às 09h00 e os mais velhos às 11h00, por exemplo.

Para atender tais demandas, o Palmeiras reformou a área de vestiários e aproveitou também para investir em outras áreas do CT, como algumas salas administrativas e banheiros de visitantes. O setor do Núcleo de Saúde e Performance e a academia não receberam melhorias estruturais recentes.

É possível conhecer algumas dessas estruturas em fotos divulgadas pelo site oficial do clube e na Revista Palmeiras.  O novo vestiário parece ser a área de CT que mais orgulha os atletas da base. É comum que publiquem fotos sentados no local em suas redes sociais.

 

CT do Palmeiras 2 - area externa

Área Externa. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT Palmeiras 2 - area adminsitrativa

Áreas administrativas. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

 

CT Palmeiras 2 - sala comissao tecnica

Sala/vestiário da Comissão Técnica. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT PALMEIRAS 2 - vestiarios

Vestiários. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT Palmeiras 2 - banheiros

Banheiros. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT Palmeiras 2 banheiros 2

Banheiros. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT Palmeiras 2 - Nucleo de saude e performance

Núcleo de Saúde e Performance. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

Academia de Futebol 2 - Academia

Academia. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT do Palmeiras 2 - academia 2

Academia. Foto: Palmeiras/ Divulgação

 

CT do Palmeiras 2 - Núcleo de Saúde e Performance

Jovens em tratamento no Núcleo de Saúde e Performance. Foto: Instagram / Divulgação

 

Alojamentos da base do Palmeiras

Todos os espaços previstos para alojamento das categorias de base estão localizados na região do Allianz Parque. A informação é que duas casas recebam atletas das categorias sub-17 e sub-20 e uma outra abrigue os mais novos.

A quantidade de jovens em cada ambiente varia de acordo com as casas e a disposição dos quartos dentro delas. Um dos alojamentos, por exemplo, possui cinco quartos. Alguns comportam cinco atletas, mas há outros com bastante espaço que conseguem receber até mais de dez jogadores. Os quartos são equipados com armários, beliches e ventiladores. Há relatos de ar condicionado em algumas acomodações.

Todas as casas possuem uma sala para área de socialização. O espaço tem TV, livros e, ao menos em uma delas, há também uma mesa de ping pong. Um dos alojamentos também tem uma laje em que os jogadores fazem churrasco nos momentos de folga.

As principais refeições – café, almoço e janta – são servidas no refeitório na Rua Palestra Itália, mas um lanche da tarde também é oferecido nas residências.

O Palmeiras não divulga oficialmente imagens das casas, mas é possível ver alguns detalhes dos espaços em publicações nas redes sociais dos jogadores, como o piso frio, beliches de madeira, pé direito alto, além de detalhes em verde nas paredes e roupas de cama. O relato de todos que conversaram com o Base Palmeiras é muito parecido, os espaços são bons, mas são antigos.

A imagem abaixo, por exemplo, é frame de um vídeo com a “resenha” dos atletas em um dos maiores quartos no alojamento. Embora nesse fragmento só seja possível ver duas, ao longo de toda gravação é possível visualizar, pelo menos, quatro beliches.

Alojamento Base Palmeiras

Pequena visão de quarto do alojamento do Palmeiras.

 

Alojamento Base Palmeiras 2

Outro frame de vídeo que permite ver um pouco de quarto do alojamento do Palmeiras.

 

Os frames acima foram captados de vídeos do arquivo do Base Palmeiras de 2018. As imagens foram publicadas em redes sociais de atletas em momentos de lazer.

 

Rotina dos atletas da base palestrina

Até o Sub-15, os jovens da base do Palmeiras estudam na parte da manhã e treinam à tarde. Alguns também atuam pelo futsal do clube, com atividades no fim da tarde/noite. A partir o Sub-17, os treinamentos passam para a manhã e a escola para o período da noite.

A maioria dos jovens é matriculado na mesma escola pública, localizada na região da Barra Funda, e vão para as aulas com uma van fretada pelo Palmeiras. Como há atletas que chegam no meio do semestre, é natural que nem todos consigam estudar no mesmo local.

Os treinos são realizados todos os dias da semana. Também é comum ter atividades aos sábados, principalmente depois do início do Campeonato Paulista. O Sub-15 e o Sub-17,  por exemplo, tem jogos praticamente todos sábados entre março e outubro (caso o time chegue até a final).

O transporte para o centro de treinamento também é responsabilidade do Palmeiras. Ônibus fretados da empresa Breda levam os meninos da região do Allianz Parque até o CT em Guarulhos diariamente.

Ônibus base Palmeiras

Jovens e familiares aguardando embarque no ônibus fretado pelo Palmeiras

 

A partir da categoria Sub-17, os jogadores da base do Palmeiras têm uma atividade física extra nas tardes de terça e quinta-feira. Desde 2014, os jovens praticam aulas de Levantamento de Peso no clube. O objetivo é melhorar a performance, a postura corporal e o fortalecimento de todo o corpo.

O vídeo abaixo, publicado na TV Palmeiras em 2015, explica um pouco mais de como a modalidade é usada na preparação física dos atletas da base.

 

A vida dos jovens atletas

Além das atividades físicas, os jogadores também são acompanhados por monitores, assistentes sociais e uma consulta, ao menos uma vez por mês, com uma psicóloga do clube.

Durante o tempo livre, a rotina dos meninos não é tão diferente dos demais jovens. Muito tempo no celular, nas redes sociais, jogando e passeando no Shopping Bourbon. Ás vezes, os garotos recebem ingressos do Palmeiras para acompanhar jogos no Allianz Parque. Eles não têm acesso às áreas do clube social.

Os jogadores que moram em regiões próximas à São Paulo costumam visitar suas famílias nos finais de semana. Boa parte dos alojados, no entanto, são de outros estados e apenas viajam para suas cidades natal cerca de 3 vezes por ano. Os jovem sofrem bastante com saudades da família, amigos e namoradas.

Os meninos saem de casa ainda muito jovens, crescem e sonham juntos. É possível observar pelas brincadeiras e publicações em redes sociais como eles se consideram uma verdadeira família.  Eles ficam tristes com a despedida de companheiros negociados ou dispensados e frequentemente acompanham esses mesmos ex colegas em seus novos clubes.

Todos os atletas que se dispuseram a conversar conversar com o Base Palmeiras para essa reportagem demonstraram gratidão ao clube e orgulho de estar vestindo a camisa do Palmeiras. Os sonhos se repetem: oferecer uma vida melhor para a família, ser convocado pela Seleção Brasileira, subir para a equipe profissional e chegar a jogar em um grande clube da Europa.

 

Quer acompanhar os meninos do Palmeiras em busca de seus sonhos?   Siga as nossas redes sociais:

Twitter: @BasePalmeiras

Instagram: @basedopalmeiras

Facebook: facebook.com/basepalmeiras/

 

One Comment

  • Rubens soler

    2 de março de 2019 at 17:29

    Boa tarde
    Acho que o Palmeiras, com os valores Du substanciais já ganhos com revelações da base, investir em alojamentos na Academia 2.
    Os garotos merecem isso.
    Alojamentos nos mesmos moldes da academia 1 dos profissionais.
    De 4 anos pra cá, a base já rendeu aos cofres do clube mais de 200 milhões de reais.

    Responder

Deixe uma resposta