• Home
  • /
  • Integração
  • /
  • Conheça os inscritos da base do Palmeiras na Libertadores
base palmeiras libertados 2020 (1)

Conheça os inscritos da base do Palmeiras na Libertadores

O Palmeiras atualizou novamente a lista para o restante da primeira fase da Libertadores no último sábado (19). O clube já havia inscrito mais 10 jogadores da base nas últimas semanas, mas com a nova ampliação da possibilidade de inscritos, outros 10 atletas tiveram a oportunidade de entrarem na lista da competição.

Vinicius Silvestre, Patrick de Paula, Gabriel Menino, Lucas Esteves, Gabriel Veron e Wesley já estavam inscritos. O zagueiro e lateral-esquerdo Renan, o volante Danilo e o atacante Gabriel Silva substituíram na lista inicial Victor Luis (emprestado ao Botafogo), o Alan (emprestado ao Guarani) e  Dudu (emprestado ao Al Duhail-CAT). Além deles, outros vinte jogadores da base foram inscritos, já que devido a pandemia, a Libertadores agora permite o registro de até 50 atletas.

 

Conheça os novos inscritos pelo Palmeiras na Libertadores 2020

 

7 – Gabriel Silva – 18 anos – geração 2002 – atacante

Gabriel Silva Palmeiras

Gabriel Silva herdou a vaga de Dudu e consequentemente a camisa 7 do ídolo palestrino. Ele é um atacante de mobilidade, podendo jogar em quase todas posições do ataque. Em 2019, marcou 40 gols nos 46 jogos que disputou pelas categorias Sub-17 e Sub-20. Gabriel é goleador e decisivo. Marcou gol em todas as finais nacionais da última temporada: Paulista Sub-17 (vice-campeão), Copa do Brasil Sub-17 (campeão), Supercopa do Brasil Sub-17 (campeão), Paulista Sub-20 (campeão), Brasileiro Sub-20 (vice-campeão) e Supercopa do Brasil Sub-20 (vice-campeão).

Gabriel está no Palmeiras desde os 13 anos e acumula diversos títulos desde o Sub-15, como Copa Nike Sub-15, Paulista Sub-15, Sub-17 e Sub-20, Copa do Brasil Sub-17, Supercopa do Brasil Sub-17, Mundial de Madrid Sub-17, entre outros. Ele tem passagem na seleção de base no Sub-15 e Sub-17.

28 – Danilo – 19 anos – geração 2001 – meio campo

Danilo Palmeiras

Danilo é um meia campista muito versátil e móvel. Pode jogar mais recuado ou armando jogadas e foi muito elogiado em sua estreia no profissional pela tranquilidade e passes verticais.

Danilo chegou ao Palmeiras em 2018 com 17 anos e integrou a equipe Sub-17. Assumiu a titularidade do Sub-20 no final de 2019 e foi um dos principais nomes da equipe na última Copa São Paulo. A tendência é que o meio campista ganhe mais espaço com Luxemburgo ao longo da temporada.

Embora ainda não tenha convocações para a seleção de base, Danilo é cotado para ser chamado por André Jardine para a equipe Sub-20. Em fevereiro de 2021 haverá o Sul-Americano da categoria.

26 – Renan – 18 anos – geração 2002 – zagueiro/ lateral esquerdo

Renan Palmeiras

O zagueiro e lateral-esquerdo Renan é o mais novo integrado ao elenco principal do Palmeiras. Ele, inclusive, está relacionado para a partida de domingo contra o Sport. Ele chegou ao clube com 13 anos e faz parte da vitoriosa e talentosa geração 2002, assim como Gabriel Silva, Gabriel Veron, Henri, Garcia, Fabinho, entre outros.

O currículo no Palmeiras tem títulos como Copa Nike Sub-15, Paulista Sub-15, Sub-17 e Sub-20, Copa do Brasil Sub-17, Supercopa do Brasil Sub-17, Mundial de Madrid Sub-17, entre outros. Ele tem passagem na seleção de base no Sub-15 e Sub-17. Tem convocações para a seleção brasileira desde o Sub-15 e estava no grupo que venceu a Copa do Mundo Sub-17 em 2019.

31 – Mateus – 18 anos – geração 2002 – goleiro

Mateus Goleiro Palmeiras

O goleiro Magrão, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

Mateusão é goleiro da geração 2002, foi titular em boa parte dos torneios Sub-17 em 2019. Desde o início do ano, tem participado com frequência de treinamentos com a equipe principal. Ele chegou ao Palmeiras ainda no Sub-15, captado do XV de Piracicaba.

 

32 – Garcia – 18 anos – geração 2002 – lateral direito

Gustavo Garcia Palmeiras

Gustavo Garcia é mais um integrante da geração 2002 na lista da Libertadores e com projeção de chegar em breve ao time principal. Assim como Gabriel Veron, Henri e Renan, frequenta a seleção desde o Sub-15 e esteve no título da última Copa do Mundo Sub-17.  No Palmeiras, também participou dos títulos da Copa Nike Sub-15, Paulista Sub-15, Sub-17 e Sub-20, Copa do Brasil Sub-17, Supercopa do Brasil Sub-17, Mundial de Madrid Sub-17, entre outros.

Garcia está no Palmeiras desde o Sub-13, em 2015, quando foi captado na Portuguesa.

33 – Jonathan (Jhow) – 17 anos – geração 2003 – zagueiro

Jhow Palmeiras

Jhow é um dos caçulas da lista do Palmeiras e uma grande promessa da zaga alviverde. Foi eleito nos dois últimos anos pelos próprios jogadores da base como o melhor atleta da sua geração (2003) na confraternização anual do centro de formação do Palmeiras.

Jonathan, além de talentoso, é considerado muito maduro para sua idade. Não a toa, em 2019, foi titular em algumas partidas da equipe Sub-20, mesmo com 16 anos. Em 2020, deve ser um dos líderes da equipe Sub-17.

Jhow está no Palmeiras desde os 12 anos e já teve convocações para a seleção Sub-15 e Sub-17.

 

34 – Ramon Cesar – 18 anos – geração 2002 – meio campo

Ramon Cesar Palmeiras 02

Ramon é um meio campista versátil que está no Palmeiras desde o Sub-15, em 2016. Além de jogar como volante, o atleta já atuou também como lateral direito. Embora não tão badalado como outros companheiros da geração 2002 que possuem passagem pela seleção, o meio campista é uma espécie de jogador de confiança da comissão técnica da base e pode, inclusive, ser um dos titulares no início de temporada sub-20.

 

35 – Jonathan Flores – 19 anos – geração 2001 – meio campo

Jonathan Flores Palmeiras

Jonathan Flores é um dos reforços da base do Palmeiras nesta temporada. O meio campo chegou após não chegar a um acordo de renovação com o Internacional. Com 1,96, joga como volante mas também pode ser adaptado na zaga.

Ele tem histórico de convocações para seleções de base.

36 – Vitinho – 18 anos – geração 2002 – meio campo

Vitinho Palmeiras 02

Vitinho é um meio campo da geração 2002 que chegou em 2019 emprestado pelo Cruzeiro. O meio campista tem passagem pela seleção de base e chegou com muita moral ao Palmeiras. É muito elogiado dentro do clube e deve ter seus direitos comprados até o final do contrato, em 2021.

Mesmo com um ano de clube, Vitinho foi titular e campeão da Copa do Brasil Sub-17, da Super Copa do Brasil Sub-17 e da Copa Santiago Sub-18.

Meia de origem, Vitinho tem jogado um pouco mais recuado na base do Palmeiras. Está sendo lapidado para ser mais um meio campista versátil, técnico e móvel formado pelo clube.

 

37 – Erick Pluas – 18 anos – geração 2002 – meio campo

Erik Pluas Palmeiras

Erick Pluas é mais uma novidade no elenco da base do Palmeiras na temporada. O meio campo é equatoriano e destaque da seleção de base do país. Ele pertence ao Orense SC, do Equador, e está emprestado ao Palmeiras com valor de compra fixado.

Assim como Jonathan Flores, ainda não teve a oportunidade de disputar torneios ou jogos oficiais na base.

38 – Marcelinho – 17 anos – geração 2002 – atacante

Marcelinho Palmeiras

Marcelinho é atacante do Palmeiras da geração 02. Chegou em julho de 2019 após se destacar pelo Almirante Barroso, na série B do camp. catarinense sub-17. Assim como Vitinho, tornou-se peça importante na equipe Sub-17 muito rapidamente e já conquistou a Copa do Brasil e a Super Copa do Brasil Sub-17 com o clube. Ele também foi titular na última Copa São Paulo.

Ele é um atacante de velocidade, que costuma atuar principalmente pelos lados do campo. O chute potente é uma das suas grandes armas.

 

 

39 – Giovani Henrique – 16 anos – geração 2004 – atacante

giovani henrique palmeiras

Gio Henrique é o caçula dos inscritos da base do Palmeiras na Libertadores. Nascido em 2004, o atacante estava na equipe Sub-15 até 2019, quando foi o artilheiro da equipe no campeonato Paulista. Só em 2019, foi campeão da Jeju Tournament (Japão),  Paulista, We Love Football (Itália) e Evergrande Cup.

Caso entre em campo durante a competição, sem dúvidas será o jogador mais jovem do clube a atuar em uma Libertadores. Atualmente, esse recordo é de Gabriel Veron com 17 anos e 6 meses.

O canhoto começou o ano voando, fez hat-trick na estreia no Brasileiro Sub-17 no Allianz Parque e foi convocado para a seleção brasileira da categoria.

 

É um ponta mais construtor, não puramente velocista. É rápido, técnico, costuma levar bastante para dentro para finalizar de média distância. Ele está no Palmeiras desde o Sub-11!

 

40 – João Pedro – 18 anos – geração 2002 – atacante

João Pedro Palmeiras

João Pedro é um centroavante da geração 2002 que chegou ao Palmeiras no ano passado captado do Centro Esportivo Ubaense, mesmo clube em que o Palmeiras encontrou Luan Cândido. No seu primeiro torneio pelo clube, foi campeão e artilheiro da Copa do Brasil Sub-17.

 

41 – Lucas Bergantin – 19 anos – geração 2001 – goleiro

Lucas Bergantin Palmeiras Base 01

Lucas Bergantin é goleiro da base do Palmeiras desde 2016, quando ainda era do Sub-15. Ele é conhecido como um dos grandes pegadores de pênaltis da nossa base. Inclusive, ele participou de um fato curioso na final da Copa do Brasil Sub-17 de 2017, quando entrou no final da partida, com 16 anos, para defender apenas os pênaltis. E defendeu!

 

42 – Vanderlan – 18 anos – geração 2002 – lateral esquerdo

Vanederlan Palmeiras Base 02

Vanderlan é mais um atleta extremamente versátil da base do Palmeiras. Já foi testado como zagueiro, se firmou como lateral esquerdo, mas muitas vezes também atua pela ponta esquerda. Ele está no clube desde 2016, quando ainda atuava pelo Sub-15, e conquistou muitos títulos importantes com a vitoriosa geração 2002.

Com a promoção de Lucas Esteves ao profissional e negociação de Vinícius Nogueira com o Altético MG, a tendência é que seja uma das principais opções para a lateral esquerda durante a temporada no Sub-20. Lembrando que Renan e Daniel Alves, zagueiros de origem, podem jogar na posição também.

 

 

43 – Fabio Freitas  (Fabinho) – 18 anos – geração 2002 – meio campo

Fabinho Palmeiras 02 base

Fabinho é mais um meio campista da base do Palmeiras com potencial de ser um atleta completo na função. Ele vem sendo trabalhado da mesma forma que Gabriel Menino, Patrick de Paula e Danilo para ser um volante dinâmico, de boa ofensividade, visão de jogo, enfim, um meio campo moderno.

O jogador está no Palmeiras desde 2016, quando ainda estava no Sub-13. Ele tem uma vida interessante no esporte apesar de novo, já foi judoca e também campeão em torneios de xadrez.

Fabinho é um dos atletas da geração 2002 com histórico em convocações para a seleção no Sub-15 e sub-17. Após sofrer uma lesão em 2019, está de volta agora para crescer ao lado de Vitinho, Ramon Rocha e cia. Ele e toda geração 2002 começam agora seu primeiro ano de sub-20 em 2020.

 

 

44 – Bruno Carcaioli  – 18 anos – geração 2002 – goleiro

Bruno Carcaioli goleiro base 02

Bruno Carcaioli é um goleiro da geração 2002 que tem passagens pelas seleções brasileira de base. Ele chegou ao clube em 2016, ainda na categoria Sub-20, após ser captado da Internacional de Limeira. Ele revezou com o goleiro Mateus, também inscrito na lista, a titularidade no meta Sub-17 até o final de 2019. Agora, ambos estão na categoria Sub-20.

 

45 – Adriano Junior – 18 anos – geração 2002 – meio campo

adriano junior palmeiras 02

Adriano é um meia e atacante que chegou ao Palmeiras em 2019 do Rio Preto de Americana, SP. Ele também tem passagens pela base do Corinthians. O atleta participou e foi campeão da última Copa Santiago Sub-18 realizada em janeiro de 2020.

 

46 – Ramon Rocha  – 19 anos – geração 2001 – lateral direito

ramon palmeiras

Ramon é lateral direito titular da equipe Sub-20 desde meados de 2019. Atacante até o Sub-17, cresceu muito na posição ano passado e chegou a ser convocado para a seleção Sub-20. Ele participou recentemente de treinos com a equipe profissional.

Ramon chegou ao Palmeiras ainda no Sub-15 em 2016. Venceu títulos como o Paulista Sub-17 e Sub-20, Copa Santiago Sub-18, Mundial de Madrid Sub-17 e Copa do Brasil Sub-20. Na Copa São Paulo, marcou um golaço de falta a la Cristiano Ronaldo.

47 – Ruan Ribeiro – 17 anos – geração 2003 – atacante

Ruan Ribeiro Palmeiras 03

Ruan Ribeiro é um atacante do elenco Sub-17 do Palmeiras. Ele chegou ao clube em 2017, quando ainda era da categoria Sub-15.

O atacante foi convocado no início do ano para a seleção sub-17 e é um das boas apostas do Palmeiras para o setor. Joga tanto pelas pontas, como mais centralizado. Mesmo sendo um pouco mais novo que os demais, foi titular em boa parte dos jogos do Sub-17 ainda em 2019. Fez 15 gols em competições oficial, considerando Brasileiro Sub-17, Copa do Brasil Sub-17 e Paulista Sub-17.

 

 

48 – Pedro Lima – 17 anos – geração 2003 – meio campo

Pedro Lima Palmeiras 03

Pedro Lima é mais um atleta com potencial para entrar na linha de produção de meio campistas completos formados na base do Palmeiras. Com histórico como meia, tem atuado mais recuado nas últimas temporadas e até já foi convocado para seleções de base.

É um meio campo canhoto com muita técnica e visão de jogo e deve ser um dos principais nomes da equipe Sub-17 nesta temporada. Ele está no Palmeiras desde 2016, quando ainda tinha idade Sub-13.

 

 

49 – Fabrício – 19 anos – geração 2001 – atacante

Fabrício Palmeiras atacante base 2001

 

Fabrício é um dos mais conhecidos dessa nova lista de inscritos da base do Palmeiras na Libertadores. No clube desde o sub-15 (2o16), o atacante tem faro de artilheiro e números impressionantes com a camisa alviverde na base, em especial no sub-17.

O centroavante sofreu muito com as lesões na última temporada e não conseguiu repetir a mesma sequência de jogos que em 2018, talvez por isso, foi um pouco mais discreto neste período. Mesmo assim, foi o artilheiro da Copa Santiago de 2019 com 8 gols e da CEE Cup, na República Tcheca.

Voltando a ter sequência, tem tudo para ser uma grande opção para atuar como nove e chegar até o profissional. Ele também já teve convocações para a seleção sub-18.

 

 

50 – Luiz Guilherme (Robinho) – 16 anos – geração 2004 –  meio campo

Robinho Palmeiras 04

Luiz Guilherme, conhecido como Robinho, é uma das principais joias da base do Palmeiras e com uma das histórias mais bacanas dentro do clube. Ele está no Palmeiras desde 2015, quando ainda tinha idade Sub-11. Assim como Giovani Henrique, também nascido em 2004 e inscrito no torneio, representa uma nova cara para a base do Palmeiras dos atletas que cresceram integralmente no clube.

Luiz Guilherme é um meio campo muito dinâmico e técnico com muito potencial, exatamente o modelo de formação que o clube está se especializando nas últimas gerações. Além de se destacar no Palmeiras, também era titular na seleção Sub-15. Esse ano, está participando da primeira temporada como sub-17.

Ele é o mais jovem jogador brasileiro inscrito na Libertadores de 2020.

 

 

Quer saber mais informações sobre Base do Palmeiras? Siga as nossas redes sociais:

Twitter: @BasePalmeiras

Instagram: @basedopalmeiras

Facebook: facebook.com/basepalmeiras/